É natural cuidar dos fios para manter uma boa aparência e uma etapa essencial a ser considerada é a hidratação para cabelo masculino. Já se foi o tempo em que o homem deveria se preocupar apenas em cortar o cabelo e fazer a barba. Agora, é preciso manter todo o visual alinhado.

Para tanto, é necessário acompanhar as tendências de moda, saber qual seu estilo de barba e ter um corte de cabelo legal. Além disso, é preciso também tomar cuidados depois de sair da barbearia e fazer alguns tratamentos.

Um dos problemas mais comuns enfrentados pelo público masculino é o ressecamento. Por isso, vamos te ensinar como deixar seu cabelo hidratado. Afinal, a beleza capilar está justamente na saúde e no brilho dos fios. Vamos lá!

O que é a hidratação e por que fazer?

A hidratação não é nada mais do que o processo de revitalizar e nutrir os fios e repor nutrientes e demais substâncias que talvez estejam em falta.

Mesmo que os cabelos masculinos sejam naturalmente mais resistentes que os das mulheres, fatores genéticos e o tipo de fio podem determinar quão ressecados eles serão. O mesmo se aplica à absorvição ou à reação do cabelo quanto a fatores externos, como vento, sol, cloro, sal, poluição e demais impurezas. 

Todos esses motivos podem promover um aspecto seco e deixar os fios quebradiços e sem vida, além de apresentar frizz e demais aspectos que conferem uma aparência danificada.

No entanto, isso pode ser revertido. Com a hidratação, você consegue deixar os cabelos saudáveis, macios, brilhantes e sedosos. Só é preciso de um pouco de trabalho — mas não é muito, sério!

E acredite, nada disso é frescura. As pessoas gostam bem mais daquelas que se cuidam e pode ter certeza que você vai impressionar a (o) crush fazendo isso.

Como hidratar os cabelos masculinos?

Agora que você já sabe porque os fios devem se manter hidratados, é preciso saber exatamente como fazer isso.

O primeiro passo é definir como as características de seu cabelo, especialmente se ele é seco ou oleoso, e comprar produtos adequados. Caso contrário, você vai acabar enfraquecendo-o.

A partir disso, tome como base as orientações específicas para seu tipo.

Cabelos secos

Os cabelos secos são os que mais precisam de hidratações. Eles são mais comuns em pessoas com cachos, porque o formato da fibra capilar dificulta que a oleosidade natural desça pelos fios. Mas, as agressões externas de que falamos antes também são levadas em conta.

Durante a lavagem, use shampoos e condicionadores próprios, com alto poder de hidratação. Após enxaguar, seque um pouco até retirar o excesso de umidade e aplique a máscara ou o creme ideal para a hidratação. Deixe então agir pelo tempo indicado, normalmente 15 minutos.

Pronto! Feito isso, é só enxaguar e massagear os cabelos. Por fim, finalize com um leave-in, um creme que não precisa de enxágue e serve para proteger e manter a hidratação por mais tempo.

Certamente, os cabelos ficarão mais hidratados. E, para continuar assim, repita o procedimento ao menos uma vez na semana, ok?

Cabelos oleosos

A oleosidade pode ser genética, mas também pode ser decorrente de disfunções hormonais, estresse, poluição ou mesmo de temperaturas e umidade elevadas.

Pessoas com muito cabelo também têm maior tendência ao apresentar oleosidade, já que possuem mais glândulas sebáceas, as responsáveis pelo óleo natural.

Para controlar o excesso, utilize shampoos para cabelos oleosos intercalados com shampoos para cabelos neutros. Isso porque a abundância de produtos para controlar a oleosidade pode ressecar o couro cabeludo e causar caspa ou provocar o efeito rebote, estimulando ainda mais a produção de óleo.

Quanto aos condicionadores, não os deixe de lado. Use em dias intercalados, em pouca quantidade e somente nas pontas. O mesmo vale para os cremes hidratantes. No entanto, o intervalo deve ser ainda maior, com mais de uma semana entre cada aplicação.

4 dicas para manter os cabelos hidratados

Além de realizar as hidratações com shampoos, condicionadores, máscaras e cremes de hidratação e demais produtos, você deve prestar atenção aos detalhes a seguir.

1. Nunca use água quente

Corra da água quente, uma vez que ela estimula as glândulas sebáceas e aumenta a oleosidade na raiz, além de abrir a cutícula dos fios, liberar a umidade deles e deixá-los ressecados.

Por isso, preste atenção na temperatura e lave somente com água fria ou levemente morna. Mas, quanto mais frio, melhor!

2. Seque seus cabelos da forma mais natural possível

O uso de secadores é tentador, principalmente para cabelos longos que fazem com que você gaste muito mais tempo para secá-los. 

Porém, o uso do aparelho acaba ressecando os fios. Está lembrado de que o vento é um dos fatores que agridem o cabelo?

Se não der para secar na toalha e esperar um pouco, escolha as opções de temperaturas mais baixas no secador. As altas temperaturas ressecam os fios, além de a combinação vento + calor ser um agravante para a oleosidade.

Ainda assim, seque bem seus cabelos. Evite a todo custo dormir com eles molhados, porque isso aumenta o aspecto oleoso, pode dar caspa, proporcionar o aparecimento de fungos e de maus odores.

3. Use finalizadores adequados

Para deixar o cabelo com um penteado legal, é necessário muitas vezes aplicar alguns produtos especiais depois de lavar.

Evite gel a todo custo, uma vez que, sua composição leva álcool, substância que resseca o cabelo gradualmente. Priorize pomadas, ceras e pastas modeladoras, que inclusive podem vir em efeito matte, bem mais elegante.

E, para não deixar os cabelos com aparência de sujos, tome cuidado com a quantidade de finalizadores e não passe a mão nos fios ao longo do dia.

4. Evite bonés e chapéus

A dica final é evitar bonés e chapéus. Eles podem ser estilosos e complementar seu visual, mas esquentam a cabeça e não deixam o couro cabeludo respirar. Consequentemente, aumentam a oleosidade do couro cabeludo e, no pior dos casos, promovem a queda de cabelo.

Portanto, se você já tem cabelo oleoso ou está mais propenso à calvície, use os adereços apenas em momentos especiais para se proteger do sol, não todo dia.

Seguindo tudo o que foi dito, é possível conseguir um cabelo hidratado sem muito esforço. O importante é que o ato de hidratar os fios deixe de ser algo esporádico e se torne parte da rotina.

Assim como você deve definir uma frequência para cortar o cabelo, também é recomendável que tenha um intervalo certo para cuidar dos fios em casa. Tais cuidados levam só 15 minutinhos, no máximo. Então, nada de preguiça!

A hidratação para cabelo masculino é essencial, mas não se esqueça também de cuidar da sua barba. Não basta só fazê-la, você deve dar um trato nela com bons produtos. Leia nosso post sobre os melhores pós-barba para você e tire todas as suas dúvidas!

Escreva um comentário

Share This