O fim do ano está se aproximando e é comum que a gente pare para fazer algumas resoluções nesta época, como refletir sobre o ano que está acabando e traçar metas para a nova fase que se aproxima.

Mas, muitas vezes, a empolgação dura pouco e nossos objetivos acabam estacionados. O mais curioso é que nós nem se quer sabemos o motivo das coisas não terem ido para frente e acabamos desistindo pouco depois de começar.

É muito importante saber como alcançar metas e fazer as coisas acontecerem, por isso, nós queremos dar a você algumas dicas que podem ser muito úteis para começar a colocar aquele projeto dos seus sonhos em prática — e nem precisa esperar o ano que vem! Confira no post!

Procure entender seus objetivos

É natural mudar de objetivo várias vezes durante a vida, até porque acabamos descobrindo que muitos deles nem eram realmente uma vontade nossa. Mas essa troca de metas constante é uma das coisas que não deixa a gente andar para frente.

Você começa um projeto empolgado, vai até a metade, desgosta daquilo e parte para outra coisa. Depois de alguns anos, você percebe que começou várias coisas e não terminou nenhuma delas. Aí vem a insatisfação com você e com sua atitude diante das coisas.

Mas como resolver isso? A primeira coisa a se fazer é entender que o problema não está em desistir e partir para a próxima, mas começar a fazer algo que não seja realmente importante para você.

Experimente pensar no que realmente importa para você. Quais são seus valores? O que você espera da vida? Qual é o seu estilo? O que você não aceita de jeito nenhum? E o que você faz questão?  O que você tem vontade de fazer? O que realmente o motiva a continuar? O que enche seu corpo de energia?

Antes de partir para uma iniciativa, descubra por que você está fazendo aquilo e procure entender se o que você sente é empolgação ou motivação.

A motivação não desaparece quando aparece um problema, quando as coisas não saem como o esperado ou quando o resultado demora a vir. Porque a empolgação é movida pela certeza de que, não importa o que aconteça, você não vai desistir de chegar onde quer.

Mantenha a atenção no presente

Quando falamos de metas e objetivos costumamos imaginar como será o futuro, quando aqueles planos se concretizarem. Em nossa imaginação, tudo será perfeito quando o momento chegar e ficamos tão obcecados por essa sensação que, muitas vezes, permanecemos estagnados no presente.

Quantas vezes você sonhou com o futuro, mas não fez nada no presente para que ele pudesse se tornar realidade? Muitos de nós fazemos isso, talvez por medo da decepção, de estragar tudo e de não alcançar o que tanto sonhou.

A realidade é que não existe futuro — e nem passado. Só temos mesmo o presente e é por meio dele que construímos o nosso amanhã. É claro que várias coisas acontecem no meio do caminho, coisas que não planejamos e não contamos, mas isso não tira o seu poder de ação.

Procure tirar sua cabeça do futuro. Pense no que você pode fazer hoje para que essa meta se torne realidade amanhã. Trabalhe no presente, estude no presente e construa no presente. Quando você se der conta, sua meta se tornará realidade.

Aprenda a sobreviver aos obstáculos

Outro motivo que costuma tirar uma pessoa do caminho são os obstáculos. Quantas vezes você desistiu de algo que queria muito quando a situação ficou difícil? A maioria das pessoas já passou por uma situação assim muitas vezes na vida.

Mas a realidade é que qualquer meta que você traçar vai trazer um desafio que você precisa superar. E quanto maior for o sonho, maiores serão os desafios. Por isso, já se acostume com a ideia de que você sempre terá desafios.

Desafios foram feitos para serem superados, assim como os erros servem como lição. Você nunca perde, mesmo quando acha que errou e ficou mais distante do objetivo.

A partir de agora, quando você encontrar um obstáculo em seu caminho, encare-o como uma fase que vai ensiná-lo e prepará-lo para quando a meta for alcançada. Se você errar, tudo bem. O erro é só uma maneira de a vida nos mostrar por onde não ir da próxima vez. Lembre-se: você nunca perde.

Saiba se divertir durante o percurso

Podemos ficar tão focados em um objetivo que nos esquecemos de como a caminhada para chegar até ele foi importante. A vida não é feita apenas dos dias que vencemos, mas também de todos os outros dias que falhamos, lutamos, caímos e aprendemos.

Na verdade, esses dias são até mais importantes do que a meta alcançada em si. Ela é só o resultado de todo o seu trabalho e você não será a mesma pessoa quando chegar lá.

Lembre-se que o tempo passa enquanto você corre atrás dos seus objetivos. Procure viver nesses dias também.

Aprenda a lidar com a procrastinação

A procrastinação pode ser confundida com preguiça, mas ela vai muito além disso. O medo de errar, de perder ou a sensação de aborrecimento são algumas coisas que o impedem de começar seus projetos. Independentemente do motivo, ela costuma adiar muito nossos projetos e é preciso combatê-la.

Existe uma série de técnicas que você pode usar para vencer os dias em que a motivação para começar não vem. Veja algumas delas:

  • divida a tarefa em algumas partes e não tente dar conta de tudo de uma vez;

  • reserve um horário do dia para realizar essas tarefas;

  • esclareça tudo o que precisa ser feito e não comece a trabalhar com dúvidas;

  • pense sobre quais serão as consequências se você não fizer essa tarefa;

  • crie intervalos divertidos entre uma tarefa e outra.

Aprenda a lidar com a síndrome do impostor

A síndrome do impostor é um problema considerado como desordem psicológica, mas está presente na vida de muitas pessoas. Quem sofre dessa síndrome não consegue aceitar seus sucessos e conquistas.

Para essa pessoa, tudo o que ela conquistou foi sorte, as pessoas são melhores e mais inteligentes que ela. Veja mais alguns sintomas:

  • necessidade de se esforçar para compensar sua “falta de capacidade”;

  • procrastinação;

  • falta de interesse em tarefas que nem tentou realizar por medo de falhar;

  • medo de se expor;

  • constante comparação com os outros.

tratamento indicado para a síndrome do impostor é a psicoterapia, mas existem outras medidas que podem ajudar, como:

  • conversar com alguém sobre essa sensação;

  • aceitar que todos têm qualidades e defeitos;

  • respeitar suas limitações;

  • não estabelecer metas muito severas;

  • evitar se comparar aos outros;

  • ter um trabalho que traga satisfação;

  • aceitar que falhas são normais.

Todas essas dicas sobre como alcançar metas são muito úteis quando você as coloca em prática fielmente. Também é bacana que você use um conjunto de técnicas para criar um plano e atingir suas metas.

Lembre-se que erros são inevitáveis e até mesmo importantes. Seu sucesso depende muito mais de você do que dos outros. Então, comece hoje mesmo e não perca nem mais um dia!

Para acompanhar as novidades da Baboon, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram!

 

Escreva um comentário

Share This