Você gosta de cuidar da sua aparência e de se apresentar de maneira estilosa? Está cansado de usar o mesmo cabelo todos os dias e gostaria de variar um pouco o seu visual? Saiba que opções de penteados para cabelo masculino é o que não falta!

Existem várias maneiras diferentes de estilizar os fios — sejam eles longos ou curtos, finos ou grossos, lisos ou crespos, secos ou oleosos. Basta escolher o penteado que mais combina com você e adaptá-lo ao seu tipo de cabelo.

Quer conhecer algumas opções e descobrir, passo a passo, como fazê-las? Escolhemos 5 ideias que vão fazer você sair do comum com muito estilo. Vem com a gente!

1. Topete

O topete masculino é um penteado clássico, que nunca sai de moda. Você pode utilizá-lo em diversas ocasiões — basta fazer um topete mais baixo, se quiser algo discreto; ou alto, para um resultado mais ousado.

Para fazer esse tipo de penteado, os fios da sua franja devem ter o comprimento de médio a longo. Depois de lavar o cabelo, retire o excesso de água com uma toalha, mantendo um pouco de umidade. Em seguida, aplique um produto modelador e, com um pente, desembarace e penteie os fios jogando-os para trás.

Para ajudar no processo, utilize um secador de cabelo em temperatura baixa. Se os seus fios forem muito lisos e finos, isso vai ajudar a deixá-los com mais volume. Junto com o jato do secador, vá modelando o topete com os dedos. Se o seu cabelo for ondulado, cacheado ou crespo, você vai precisar também da ajuda de uma escova.

2. Coque

Se você tem o cabelo em comprimento médio ou longo, aposte no coque masculino. Esse é um penteado estiloso, descolado, prático e fácil de fazer: você só precisa de um elástico. É a alternativa perfeita para o dia a dia, especialmente quando o tempo está corrido ou quando você acorda em um “bad hair day”.

O coque fica ainda mais interessante se você tiver um undercut (nuca raspada). Se não for o caso, você pode optar por uma versão com todos os fios presos ou por um meio coque, com a parte de trás solta.

Para fazê-lo, é muito simples. Basta deixar o elástico em uma das mãos e juntar os fios, puxando-os desde a raiz. Dê uma volta no elástico e, na segunda, não puxe o rabinho até o fim — deixando-o preso e formando o coque.

Se você tem os cabelos cacheados, esse penteado também funciona muito bem. Para facilitar, basta umidificar os fios com um pouco de água e aplicar algum creme ou óleo de sua preferência.

Para os tipos de cabelos mais crespos, existe a opção do “coque abacaxi”, que é bem simples de fazer, e o resultado fica bem interessante: pegue um elástico grande, coloque-o no pescoço, levante todo o cabelo e vá subindo o elástico até prender os fios no topo da cabeça. Depois, é só modelar com as mãos da maneira que você preferir.

3. Cabelo jogado para o lado

Se você tem um sidecut (as laterais raspadas), com ou sem risca de navalha, ou um corte com os fios mais compridos na parte superior e curtos nas laterais, aposte no cabelo jogado para o lado.

Depois de lavar o cabelo, utilize um pente para fazer uma linha divisória na lateral (se você não tiver a risca de navalha) e aplique um produto modelador. Em seguida, com o mesmo pente ou os próprios dedos, vá jogando todos os fios para o lado. Se os seus cabelos forem cacheados, utilize o secador e uma escova para ajudar no processo.

4. Nudred

O nudred é uma texturização para cabelos crespos que funciona em fios de diversos comprimentos. É, na verdade, uma maneira bem mais prática de conseguir a aparência de dreadlocks. Se você tem um sidecut, um corte degradê ou riscas de navalha, o resultado fica ainda mais interessante.

Para fazer o nudred, basta utilizar uma esponja específica — com furinhos ou dentes pontiagudos —, que formam os “rolinhos” de cabelo. Com os fios secos, use um pente de dentes largos para penteá-los para o alto, deixando-os mais armados. Então, é só aplicar um produto modelador e passar a esponja em movimentos leves e circulares em todo o cabelo, até ele ficar com o formato de dreads.  

5. Arrepiado texturizado

O arrepiado texturizado também é uma ótima alternativa para deixar o visual com uma cara diferente e estilosa. Funciona melhor para quem tem os fios lisos e ondulados (ou cacheados e crespos alisados) com a parte superior em tamanho médio e as laterais mais curtas ou raspadas.

Para fazer esse penteado, basta utilizar o secador e a escova para jogar os fios para cima e, com a ajuda de um produto modelador, arrepiá-los e fixá-los na direção que você preferir.

Bônus: aprenda a manter os penteados para cabelo masculino ao longo do dia

Você deve ter notado que, em praticamente todos os penteados que apresentamos, é preciso aplicar um produto modelador para deixar os fios com o formato que você deseja. Mas, além disso, esse tipo de item tem a função de fixar o penteado — ou seja, fazê-lo durar ao longo de todo o dia — e deixar os cabelos com um aspecto mais bonito.

Existem vários tipos de produtos modeladores (os mais conhecidos são o gel, a cera e a pomada) e cada um deles tem diferentes características. A pomada, por exemplo, apresenta a textura de um creme grosso e pegajoso, tem alta fixação e é bem fácil de aplicar e espalhar.

Outra vantagem da pomada é que ela existe em diferentes versões: você pode optar por pomadas que deixam o acabamento mais molhado e brilhante ou opaco e natural. Existem, até mesmo, algumas opções em pó, que promovem um acabamento bem seco. 

Neste artigo, você descobriu como fazer diversos penteados para cabelo masculino e aprendeu que, para fixá-los e fazer com que eles durem até o final do dia, é preciso utilizar um bom produto modelador. Agora, é só escolher as opções que mais se adéquam ao seu tipo de cabelo e ao seu estilo!

Gostou das nossas dicas? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário aqui embaixo!

 

Escreva um comentário

Share This